TRAGÉDIA EM RODEIO: QUATRO MORTOS E DEZENAS DE FERIDOS EM FESTA DO PEÃO DE JAGUARIÚNA; PM NEGA RESPONSABILIDADE
.
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 11:45 | EMRONDONIA / ARIQUEMES ONLINE

 

A Polícia Militar negou, por meio de nota, a responsabilidade pela segurança dentro do rodeio de Jaguariúna, na região de Campinas, onde quatro pessoas morreram pisotedas na madrugada desse sábado, segundo informou a rádio CBN.

Um tumulto resultou na morte de quatro pessoas além de dezenas de pessoas pisoteadas no evento. Após a tragédia, a Justiça de Amparo determinou o cancelamento do rodeio. Segundo a polícia, o tumulto ocorreu na entrada do festival de rodeio, e cerca de 20 pessoas teriam ficado feridas, segundo a organização seriam 14.

A PM alega que durante um reunião com a organização do evento, em 2008, foi acordado que não haveria policiamento na parte interna do parque. A segurança seria de responsabilidade da empresa que organiza o evento.

A organização disse que nunca houve um tumulto com mortes nos 20 anos do rodeio. A Red Eventos, responsável pela atração, chegou a dizer que manteria a programação do rodeio, que teria os shows de Victor & Leo, nesta noite, e de Roberto Carlos, no domingo.

Os mortos no tumulto foram a comerciante Vivian Montagner Contrera, 18 anos, Giovanna Peretti, 28 anos, o estudante Ariel Avelari, 18 anos, e Andrea Paola Machado, cuja idade não foi apurada porque estava apenas com uma carteira da faculdade.