Reino Unido: bilionário perde R$ 58 bi em 2008 por crise
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 15:28 | TERRA

 

O homem mais rico do Reino Unido nos últimos quatro anos, o magnata do aço Lakshmi Mittal, diretor executivo-chefe da ArcelorMittal, viu sua fortuna cair cerca de 60% este ano. Segundo uma prévia da lista dos mais ricos do jornal Sunday Times, que deve ser publicada em meados de março, o bilionário passou de 27,7 bilhões de libras (R$ 96,55 bilhões) para 11 bilhões de libras (R$ 38,34 bilhões) em posses ao longo de 2008.

A prévia da lista do jornal britânico aponta ainda que as fortunas combinadas das mil pessoas mais ricas do Reino Unido caiu aproximadamente 50% de 2008 para 2009, passando de 412,8 bilhões de libras (R$ 1,438 trilhão) para cerca de 200 bilhões de libras (R$ 697,15 bilhões).

De acordo com a reportagem do Sunday Times, o valor de alguns bens, como os investimentos em fundos de hedge (proteção) e participações em empresas, caíram até 90% este ano.

A lista dos perdedores inclui ainda o empresário do setor de mineração Anil Agarwal, que viu sua fortuna ser reduzida em 1,5 bilhão de libras (R$ 5,22 bilhões) no ano que passou e agora tem bens com valor estimado inferior a 1 bilhão de libras (R$ 3,48 bilhões).

Outro entre os que mais perderam valor de suas fortunas é Charles Dunstone, que viu sua fatia em ações da Carphone Warehouse cair de 904 milhões de libras (R$ 3,151 bilhões) para 276 milhões de libras (R$ 962,07 milhões), uma queda de quase 70%.

Segundo um especialista, ouvido pelo jornal, a queda na fortuna dos mais ricos do país já equivale à verificada em outras crises mundiais, como a da Grande Depressão, ocorrida na década de 1930.